Deus nos fez com todo amor e carinho, para relacionar-nos com Ele e representá-lo. Mas o fato de Ele nos ter criado à sua imagem e semelhança, com tanta complexidade e superioridade em relação às demais coisas criadas, não nos faz autossuficientes nem nos exime de obedecer-lhe. Ao contrário. Como vimos, somos mordomos do nosso corpo, dos nossos dons e talentos, dos recursos que o Senhor disponibilizou para nós, a fim de cumprirmos nosso propósito como ser humano e levar outros ao conhecimento sobre o Criador.
Em Deus vivemos, e nos movemos, e existimos(Atos 17, 28). Ele é a origem e o sentido da nossa vida. Quando o Senhor nos criou, deixou três vazios a serem preenchidos: o de pai, o de mãe e o dele mesmo.
A função de pai pode ser exercida pelo pai biológico ou por qualquer outro que assuma esse papel: um irmão, um tio, um avô, um primo, um pai adotivo. O mesmo se dá com relação à figura materna. Alguém deve desempenhar essa função, a fim de que a pessoa se sinta amada e cuidada. Caso contrário, ela será uma forte candidata a ter sérios problemas emocionais e a não ser tudo aquilo que Deus projetou que ela fosse.
De alguma forma, é possível preencher a carência materna e a paterna com a presença de outra pessoa que assuma essa responsabilidade. Mas quanto ao vazio de Deus, é impossível arranjar um substituto para suprir esta necessidade.
Dostoiévski, um famoso escritor russo, disse: “O homem possui dentro de si um vazio do tamanho de Deus”. Isso significa, entre outras coisas, que é um vazio imenso, de Alguém incomparável, que só pode ser preenchido ou suprido pelo próprio Criador.
Infelizmente, o ser humano tenta preencher esse vazio com crendices, todo tipo de religião, pornografia, vícios, devassidão etc. Entretanto, nada disso soluciona o problema, porque só Deus, por intermédio do Espírito Santo, pode preencher o vazio existencial do ser humano e dar um sentido maior à vida humana.
O salmista reconheceu: Como o cervo brama pelas correntes das águas, assim suspira a minha alma por ti, ó Deus! A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo(Salmo 42.1,2a). Que também possamos reconhecer nossa necessidade do Senhor e buscá-lo, a fim de que Ele sacie esse vazio em que só cabe Ele em nosso coração. Então, seremos pessoas saudáveis, felizes e realizadas, que levarão outros a ter um encontro com a Fonte da vida.

Texto do Pastor Silas Malafaia, compilado do livro “O que o ser humano?”, adaptado para este espaço pelo Professor e filósofo Jackislandy Meira de M. Silva.

Confiram os blogs:
www.umasreflexoes.blogspot.com e
www.chegadootempo.blogspot.com


Postagens populares

Atividade no facebook

Categorias

Deus (36) Bíblia (26) Filosofia (26) Jesus (25) Cultura (16) Teologia (16) sociologia (15) Religião (11) vida (11) Cristo (10) Educação (10) política (10) ética (10) Senhor (9) evangelho (9) (8) valores (8) Igreja (6) amor (6) florânia (6) justiça (6) oração (6) salvação (6) louvor (5) paz (5) cristão (4) esperança (4) evangelização (4) graça (4) palavra (4) Espírito (3) alegrias (3) alteridade (3) cidadania (3) culto (3) espiritualidade (3) glória (3) literatura (3) música (3) responsabilidade (3) Aristóteles (2) Lévinas (2) Moisés (2) Paulo (2) Platão (2) Pr. Silas (2) Tv (2) bom (2) comunhão (2) coração (2) criador (2) céu (2) encontro (2) felicidade (2) história (2) ideologia (2) jovens (2) mocidade (2) mundo (2) natureza (2) poder (2) político (2) rosto (2) sociedade (2) solidariedade (2) templo (2) trabalho (2) verdade (2) voz (2) Aurélio (1) Boaz (1) Chile (1) Dalila (1) Davi (1) Drummond (1) Escritura (1) Faraó (1) Habacuc (1) Haiti (1) Heidegger (1) Jaboque (1) Jacó (1) Jerusalém (1) Jonas (1) José (1) Juízes (1) Kant (1) Lutero (1) Mircea (1) Misericórdia (1) Médico (1) Nietzsche (1) Perdão (1) Record (1) Reino (1) Rute (1) Sansão (1) Trindade (1) administração (1) adorador (1) alma (1) altíssimo (1) amizades (1) anjo (1) centenário (1) cidadão (1) conversão (1) corrupção (1) crente (1) criança (1) cruz (1) cruzada (1) denominação (1) desabrigados (1) dissimulação (1) drogas (1) dízimo (1) escudo (1) exaltar (1) família (1) favor (1) fogo (1) fome (1) futebol (1) gestão (1) gratuita (1) homem (1) impunidade (1) individual (1) inteligência (1) jornalismo (1) lugar (1) luta (1) luz (1) mina (1) mineiros (1) mistério (1) mito (1) ordem (1) outro (1) participação (1) pecado (1) pedofilia (1) pedra liza (1) perseverança (1) presença (1) promessa (1) próximo (1) pão (1) quebrantado (1) razão (1) reflexão (1) rios (1) salmo (1) salvador (1) saúde (1) ser (1) serenidade (1) sexo (1) sim (1) subjetividade (1) sucos (1) uvas (1) vaidade (1) violência (1) vitória (1) água (1)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ao mencionar qualquer material deste blog, favor citar o autor Jackislandy Meira de Medeiros Silva. Tecnologia do Blogger.