Como pode alguém negar a existência de Deus quando sua existência é óbvia e evidente? Como pode alguém ignorar a Deus e viver como se Ele não existisse?
“Deus sonda os rins e os corações”(Salmo 138).
Aqueles que vivem e convivem com sua doutrina, nem sempre acreditam realmente ou seriamente em Deus. Estes são ateus práticos. Os ateus teóricos são aqueles que afirmam a inexistência de Deus e, além disso, formulam conceitos ou levantam críticas contra a própria realidade da existência de Deus.
Nesse sentido, o agnosticismo é menos insensato porque não nega a existência de Deus, mas sim que haja provas para afirmar sua existência. Também, o agnosticismo não se preocupa em formular teorias contra as argumentações da prova da existência de Deus.
O Problema do ateísmo é mais um fator, uma gravidade moral do que intelectual. Mas, no fundo, no fundo, o problema do ateísmo desembocará sempre num ateísmo prático ou teórico.
A imanência começou com Descartes. Este com tal intuição: “Penso, logo existo”. Valorizou mais o pensamento humano. O pensar, segundo ele, precede o existir. Aí está posto o mundo do individualismo que me leva a não receber lições de ninguém. Tal princípio me leva a cair num protestantismo, todos dizem o que quer.
“Cabe a natureza do homem investigar pela razão para se alcançar a verdade, portanto, é próprio da razão não apreender a verdade e, por esta razão, ao homem cabe paulatinamente progredir no conhecimento da verdade. E a qualquer um cabe acrescentar aquilo que faltou de seus antecessores”(Tomás de Aquino, comentário à Ética a Nicômaco).
O princípio do imanentismo que acarreta a ideia de que tudo começou por mim é inconveniente porque não reconhece o valor histórico e fraterno da Filosofia “perenis”. Este princípio tem conduzido de forma inevitável o ateísmo no mundo de hoje. Portanto, se o homem é o criador do ser, do próprio homem, então procuram afastar Deus e colocá-lo longe de Deus. O homem se torna Deus para o homem. No século passado, a gente tem visto que o homem, querendo ser Deus e tomando seu lugar, tem se degradado, recalcando-se e tornando-se um “vilicimento”. “O homem sem Deus deixa de ser homem”. Por isso, ele acaba por viver numa selva, onde ganha o mais forte e o mais poderoso neste mundo carreirista, cheio de concorrências inúteis, vil e desleal. Daí, podemos nos perguntar, para que Deus serve no mundo de hoje? Em pelo século XXI, para que serve Deus na vida dos homens?



Jackislandy Meira de Medeiros Silva. Prof. e Filósofo.
Confiram:
www.umasreflexoes.blogspot.com www.chegadootempo.blogspot.com


Postagens populares

Atividade no facebook

Categorias

Deus (36) Bíblia (26) Filosofia (26) Jesus (25) Cultura (16) Teologia (16) sociologia (15) Religião (11) vida (11) Cristo (10) Educação (10) política (10) ética (10) Senhor (9) evangelho (9) (8) valores (8) Igreja (6) amor (6) florânia (6) justiça (6) oração (6) salvação (6) louvor (5) paz (5) cristão (4) esperança (4) evangelização (4) graça (4) palavra (4) Espírito (3) alegrias (3) alteridade (3) cidadania (3) culto (3) espiritualidade (3) glória (3) literatura (3) música (3) responsabilidade (3) Aristóteles (2) Lévinas (2) Moisés (2) Paulo (2) Platão (2) Pr. Silas (2) Tv (2) bom (2) comunhão (2) coração (2) criador (2) céu (2) encontro (2) felicidade (2) história (2) ideologia (2) jovens (2) mocidade (2) mundo (2) natureza (2) poder (2) político (2) rosto (2) sociedade (2) solidariedade (2) templo (2) trabalho (2) verdade (2) voz (2) Aurélio (1) Boaz (1) Chile (1) Dalila (1) Davi (1) Drummond (1) Escritura (1) Faraó (1) Habacuc (1) Haiti (1) Heidegger (1) Jaboque (1) Jacó (1) Jerusalém (1) Jonas (1) José (1) Juízes (1) Kant (1) Lutero (1) Mircea (1) Misericórdia (1) Médico (1) Nietzsche (1) Perdão (1) Record (1) Reino (1) Rute (1) Sansão (1) Trindade (1) administração (1) adorador (1) alma (1) altíssimo (1) amizades (1) anjo (1) centenário (1) cidadão (1) conversão (1) corrupção (1) crente (1) criança (1) cruz (1) cruzada (1) denominação (1) desabrigados (1) dissimulação (1) drogas (1) dízimo (1) escudo (1) exaltar (1) família (1) favor (1) fogo (1) fome (1) futebol (1) gestão (1) gratuita (1) homem (1) impunidade (1) individual (1) inteligência (1) jornalismo (1) lugar (1) luta (1) luz (1) mina (1) mineiros (1) mistério (1) mito (1) ordem (1) outro (1) participação (1) pecado (1) pedofilia (1) pedra liza (1) perseverança (1) presença (1) promessa (1) próximo (1) pão (1) quebrantado (1) razão (1) reflexão (1) rios (1) salmo (1) salvador (1) saúde (1) ser (1) serenidade (1) sexo (1) sim (1) subjetividade (1) sucos (1) uvas (1) vaidade (1) violência (1) vitória (1) água (1)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ao mencionar qualquer material deste blog, favor citar o autor Jackislandy Meira de Medeiros Silva. Tecnologia do Blogger.